siterbts

Intervenções náuticas avançam na Baía de Todos-os-Santos

Posted on 29 abril 2021

As obras do terminal marítimo da localidade de Botelho, em Ilha de Maré, estão concluídas, prontas para serem entregues. O secretário do Turismo do Estado, Fausto Franco, fez a última visita técnica ao local antes da inauguração nesta quinta-feira (29), quando também visitou as obras da base náutica Marina de Itaparica, que estão 85% concluídas.

As intervenções integram o pacote de 13 intervenções de infraestrutura náutica na Baía de Todos-os-Santos, a maior do país, promovida pela Secretaria de Turismo do Estado (Setur), por meio do Prodetur Nacional Bahia. O programa está investindo cerca de US$ 76 milhões na região. Segundo Fausto Franco, o investimento, que foi captado a partir de um empréstimo do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID), “vai dar uma guinada em toda a economia náutica do nosso estado”.

Entre as 13 intervenções estão quatro marinas e diversos atracadouros. “Temos também a revitalização e ampliação do Museu Wanderley de Pinho, em Caboto, que é uma obra histórica, secular, e que vai dar uma nova dimensão da nossa potencialidade, não somente no turismo náutico, mas na gastronomia, no entretenimento, na arte, na cultura, mostrando tudo isso que a Bahia é. A Bahia é uma mistura, um caldeirão efervescente, e os baianos e turistas vão poder desfrutar muito em breve de todas essas belezas, com muita segurança e com muita infraestrutura para navegar na nossa queridíssima Baía de Todos os Santos”, acrescenta o secretário do Turismo.

Ilha de Maré

As obras na localidade de Botelho, em Ilha de Maré (município de Salvador), já foram concluídas e aguardam data para entrega à comunidade. O projeto inclui implantação e requalificação de rampas e de escadas, recuperação da ponte fixa, rampa móvel e cais flutuante de atracação, além da reforma do terminal turístico (bilheteria, receptivo, administrativo, sanitários e espaço de alimentação). O entorno do terminal passou por requalificação urbanística e paisagística. A área total das intervenções é de 1.087,02 metros quadrados.

Foto: Fernando Vivas

A pescadora e marisqueira Janimare Santos, 48 anos, diz que a obra em Ilha de Maré vai beneficiar mais de mil famílias que vivem na região. “Vai melhorar muito no nosso desenvolvimento. A Ilha de Maré é pesqueira, a maioria dos moradores vive da pesca. Além da gente ser pescador, a gente tem nosso quebra galho, vendendo nossa cervejinha, nossa comida, para ajudar no orçamento da casa. E essa obra maravilhosa vai trazer desenvolvimento, vai ter muita procura, muito visitante. E que a gente saiba cultivar essa obra, que está muito bonita. Agora cabe a gente a zelar, fazer nossa parte como moradores”.

Ilha de Itaparica

Já com 56% de execução e conclusão prevista para junho, a base náutica Marina de Itaparica é um equipamento mais completo, composto por recuperação estrutural da edificação existente, reforma dos sanitários com inclusão de instalações específicas para pessoas com deficiência (PcD), recuperação da ponte fixa, rampas móveis, cais flutuante de atracação, ampliação das vagas molhadas e secas, e posto de abastecimento de embarcações.

O projeto inclui ainda espaços para restaurante e café/lanchonete, área administrativa e lojas. A marina será entregue com instalações elétricas e hidrossanitárias, e os proprietários das embarcações contarão com serviços de água, energia elétrica e retirada de resíduos sólidos. A área da intervenção totaliza 4.744,03 metros quadrados.

Para o secretário de turismo de Itaparica, J. Velloso, “a expectativa para a conclusão da obra é enorme”. “A potencialidade do município é o crescimento social a partir do turismo, e um turismo com perfil que não venha para degradar a cidade, nem o meio ambiente”. Segundo ele, “a marina vem como ponto de partida, um ponto de referência, não somente para o município, mas para localidades vizinhos também. Então, a gente está muito contente que já está com 85% concluídos, esperando que esses 15% completem rapidamente para a gente comemorar esse novo momento da cidade . A expectativa é grande. Eu acredito que vai ser um equipamento transformador socialmente aqui”.


SOLICITAR INFORMAÇÕES