Maragojipe

Perfil

Nome

Maragojipe

Município

Maragojipe

Coordenadas geográficas

12° 46' 40" S 38° 55' 08" O

Endereço do Município com telefone

Rua Percliana Alves e Albergaria, 14 – Cajá – Maragogipe – CEP: 44.420-000 – Telefone: +55 75 3526-1752

Endereço Secretaria de Turismo com telefone

Praça Ermezindo Mendes, 01, Centro – Maragogipe – CEP: 44.420-000 – Telefone: +55 75 3526-2968

Descrição

Descrição

Maragogipe fica localizada a cerca de 133 quilômetros de Salvador, ao fundo da Baía de Todos-os-Santos. Situa-se no encontro do Rio Paraguaçu com o Rio Guaí, formando uma extensa região de manguezais. O município apresenta um ótimo potencial para o desenvolvimento de atividades ligadas ao turismo ecológico, rural e, principalmente, ao turismo náutico. Seu Carnaval de Mascarados é uma das mais belas manifestações da cultura baiana, sendo tombado como Patrimônio Imaterial da Bahia.

Há mais de 50 anos é realizada anualmente, em agosto, a Regata Aratu-Maragojipe, reunindo centenas de embarcações em torno da cidade, cujo padroeiro é São Bartolomeu. Berço dos extintos saveiros, ainda guarda boa parte do saber naval em mestres que resistem ao passar dos tempos. Além da navegação, tem na cerâmica um forte recurso para os artesãos.

História

História

Maragojipe foi criado com território desmembrado de Jaguaripe, sendo habitado pelos índios da tribo Maragós, que alguns historiadores e memorialistas traduziram como: “braços invencíveis” ou “rio dos mosquitos”, devido ao fato de ser situado numa ampla área de manguezal. Possui arquitetura colonial  tombada pelo Patrimônio, como a antiga Vila Suerdieck e as ruínas da Fábrica Dannemann (herança dos tempos áureos da indústria do fumo). O destaque é para a Matriz de São Bartolomeu, construída no século XVII, no topo de uma colina para onde a cidade cresceu. O coreto na praça da Matriz, a casa paroquial, a sede das centenárias filarmônicas Terpsícore e Dois de Julho e a Santa Casa da Misericórdia conservam a aparência colonial da cidade.

Maragogipe traz uma fortes traços das religiões Católica e também do Candomblé. Em agosto é celebrada a festa de seu padroeiro, São Bartolomeu. O Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) classificou o Carnaval de Maragogipe como Patrimônio Imaterial da Bahia. A festa tem inspiração em manifestações similares que ocorriam na Europa, no século XIX, onde há uma forte predominância de fantasias de figuras folclóricas.

Recursos

Recursos históricos, culturais, naturais

·         Praia de Ponta do Sousa
·         Praia do Pina
·         Porto do Cajá
·         Praia Covoadas (Subdistrito Enseada do Paraguaçu)
·         Praia do Maia (Subdistrito Enseada do Paraguaçu)
·         Porto de Hermes (Subdistrito Enseada do Paraguaçu)
·         Praia do Periquito (Distrito de São Roque do Paraguaçu)

Roteiros

Roteiros sugeridos

TERRITÓRIO 02
Cachoeira, São Felix, Muritiba e Maragogipe

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Passeio 01:

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Saída de Salvador por via terrestre

• Chegada em Cachoeira: Visita a Irmandade da Boa Morte. Roda de Conversa;

• Passeio pela cidade Almoço;

• Visita a São Felix: Deslocamento terrestre. Travessia Ponte D.Pedro II;

• Visita a Casa de Hansen Bahia;

• Visita a Fonte Capela de Santa Barbara: Apresentação Esmola Cantada;

• Passeio a pé estação ferroviária, prefeitura, biblioteca, mercado municipal, Igreja Matriz;

• Visita sede Filhos de Nagô, roda de conversa, apresentação de samba de roda.

Alternativas: Visita a Hidroelétrica de Pedra do Cavalo, historia da Usina das Bananeiras/Centro Cultural Dannemman, Terreiro de Candomblé.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Passeio 02:⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 

Saída de Salvador por via terrestre

• Chegada em Cachoeira: Visita ao samba de Dona Dalva. Roda de Conversa;

• Passeio pela cidade almoço em Cachoeira ou São Felix;

• Visita a galeria da Fundação Hansen;

• Visita a igreja Matriz e Ordem Terceira do Carmo, casa da câmara e cadeia;

• Visita ao Centro Publico de Economia Solidária: Artesanato e produtos regionais;

• Despedida apresentação filarmônica.

Retorno para Salvador ou pernoite em São Felix ou Cachoeira.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Passeio 03:

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Saída Terminal Náutico de Cachoeira

• Passeio de barco para Maragogipe

• Avistamento Engenho Vitoria

• Parada São Francisco do Paraguaçu. Visita ao Convento. Banho de mar

• Parada Maragogipe: cais da Caijá e Mangue.

• Visita Mercado do peixe.

• Passeio pela cidade: Matriz, filarmônica, Casa da Câmara e Cadeia.

• Deslocamento via barco.

• Almoço em Coqueiros.

• Visita Artesanato Ceramistas.

• Apresentação: Samba de Roda⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 

Possibilidade de articulação com a comunidade do tabuleiro da Vitoria. Alternativa: estender até a Enseada do Paraguaçu( Território 04 ) para banho de mar e apresentação Barquinha.

Mapa

Mapa

Tipos de produtos

Tipos de produtos

Empreendimentos

Lista automática dos empreendimentos